5 livros que Mark Zuckerberg recomenda para empreendedores

Para se inspirar no criador do Facebook, comece pelos livros que ele indica

Todos os empreendedores querem ser Mark Zuckerberg. O criador do Facebook é o homem que mais faturou em 2017 e, agora, aparece até cotado para o posto de presidente dos Estados Unidos. Ninguém duvida que o poder está perto das mãos dele.

 

Para se inspirar em Zuckerberg, talvez um bom caminho esteja nos livros. Em uma página criada na rede social chamada “A Year of Books”, o empresário revelou quais são os livros essencias, no ponto de vista dele, para qualquer empreendedor. Nem todos eles falam de negócios. Apesar disso, algo mais importante pode ser compreendido pelos títulos abaixo: a sua visão de mundo.

 

“Ordem Mundial”, de Henry Kissinger

opt_VOLUME1_CAPAS-UPLOAD_CAPAS_GRUPO_LEYA_DQUIXOTE_EGM_9789722056236_a_ordem_mundial

 

O ex-secretário dos Estados Unidos reflete sobre o seu trabalho, analisando a importância dos acordos internacionais na história do mundo. “O livro aborda as relações internacionais e como construir pontes saudáveis no mundo. Isso é importante para criar o mundo que queremos para nossas crianças, e é nisso que estou pensando ultimamente”, fala Zuckerberg.

 

“The Muqaddimah”, de Ibn Khaldun

813JVrMg0OL

 

Escrito em 1377, o livro traz a visão do escritor islâmico sobre o progresso científico e a evolução humana sob o olhar da sua época. “Embora muito do que foi dito no livro tenha sido desmentido após 700 anos de progresso, não deixa de ser interessante conhecer essa visão de mundo”, disse Zuckerberg sobre a obra.

 

“Criatividade S/A”, de Ed Catmull

d78112b362b4ef633d64e57d29e0e746

 

Um dos fundadores da Pixar, Catmull relembra a criação do estúdio de animações para o cinema mais importante da atualidade. “Eu adoro ler relatos de nascimento de grandes empresas que incentivam a liberdade e a criatividade”, conta Zuckerberg.

 

“Por que as Nações Fracassam”, de Daron Acemoglu e James A. Robinson

81WlDgnRg+L

 

Por que alguns países são mais ricos que os outros? Qual é o reflexo de tamanha desigualdade no mundo de hoje? Essas questões interessam a Zuckerberg, possível novo candidato à presidência dos Estados Unidos. “O livro mostra como muitas nações agiram para incentivar a prosperidade, o desenvolvimento econômico e a eliminação da pobreza”.

 

“Portfolios of the Poor”, de Daryl Collins, Jonathan Morduch, Stuart Rutherford e Orlanda Ruthven

portfolio-of-the-poor-1-728

 

Os pesquisadores desse livro passaram 10 anos analisandoa vida de pessoas em extrema pobreza em Bangladesh, Índia e África do Sul. “É surpreendente que quase metade do mundo – 3 bilhões de pessoas – vivem com uma renda diária de US$ 2,50 ou menos. Eu espero que essa leitura proporcione um maior conhecimento de melhores maneiras para ajudá-los”, disse Zuckerberg.