Abu Dhabi ganha seu próprio Museu do Louvre

Espaço que leva o nome do ícone de Paris abre as portas em novembro

Paris e o Museu do Louvre: uma relação quase instantânea para a maioria das pessoas. Mas essa premissa promete não ser mais tão óbvia a partir de novembro, quando Abu Dhabi irá ganhar a sua própria unidade de um dos espaços mais conhecidos do mundo.

 

O projeto, uma parceria entre o governo francês, o órgão de turismo de Abu Dhabi e a direção do Louvre, havia sido anunciado em 2007 e estava programado para estar em funcionamento já em 2012. Agora, no dia 11 de novembro, o espaço, assinado por Jean Nouvel e localizado no distrito cultural da ilha Saadiyat, passa a receber o público.

 

 

A estrutura, de frente para o mar, conta com um domo de 180 metros de diâmetro decorado com 7850 estrelas. Por dentro, o Louvre de Abu Dhabi irá abrigar mais de 600 obras vindas de todo o mundo, cobrindo desde a antiguidade até a arte morderna.

 

Parte da coleção (300 peças) virão por empréstimo de 13 instituições renomadas, como o Musée d’Orsay e o Centre Pompidou. Entre alguns destaques, estão os quadros La Belle Ferronnière, de Leonardo da Vinci, e La Gare Saint Lazare, de Claude Monet.

 

Louvre-Abu-Dhabi

 

E a relação com o Louvre de Paris? O museu da capital francesa irá emprestar o seu nome para a sua versão de Abu Dhabi por 30 anos, além de organizar pelo menos 4 exposições temporárias por lá por ano, durante os próximos 15 anos. A primeira delas não poderia ser mais simbólica: uma mostra sobre os primórdios do Louvre em Paris.