As cinco atrações imperdíveis do Festival de Cannes em 2017

Completando 70 edições, Festival de Cinema de Cannes vem recheado de estreias e polêmicas

O Festival de Cinema de Cannes chega a sua 70ª edição em 2017. Provando que segue relevante, a mostra inova nesse ano ao lançar discussões sobre a importância da televisão e dos serviços de streaming no mundo do cinema nos dias de hoje.

 

Sem ligar para os rótulos, Cannes irá mostrar, com exclusividade, os lançamentos mais aguardados do mundo das séries e também da televisão. Veja só quais são alguns dos maiores destaques do evento, que vai até o dia 28 de maio.

 

O estranho que nós amamos, de Sofia Coppola

O-Estranho-Que-Nós-Amamos

 

Provavelmente, o filme mais aguardados pelos críticos. Reunindo Colin Farrell, Nicole Kidman, Kirsten Dunst, Elle Fanning e Angourie Rice no elenco, Sofia Coppola ressurge na disputa pela Palma de Ouro com um remake de O Estranho que nós Amamos, considerado um clássico esquecido na carreira do então ator Clint Eastwood. A obra conta a história de um soldado americano que, durante a Guerra Civil norte-americana, é resgatado e levado para uma casa só de mulheres.

 

Nicole Kidman

nicole-kidman-secret-in-their-eyes-1200x520

 

Por falar em Nicole Kidman, ninguém aparecerá mais nas sessões de Cannes do que ela. Além de O Estranho Que Nós Amamos, a australiana estrelará o drama The Killing of Sacred Deer, do diretor grego Yorgos Lanthimos, na história punk de How To Talk to Girls at Parties, de John Cameron Mitchell, e na série policial Top of the Lake, de Jane Campion. Com tantas aparições, há quem chame o festival desse ano de #Nicolefest.

 

Happy End, de Michael Haneke

happyend

 

Vencedor da Palma de Ouro duas vezes (por A Fita Branca e Amor), Michael Haneke tenta o tri em Cannes com um filme sobre a onda migratória na Europa. Partindo da perspectiva de uma família rica, o diretor irá mostrar a “Selva de Calais”, como foi chamado um grande acampamento feito por refugiados em condições precárias na cidade portuária francesa. No elenco estão Isabelle Huppert, Jean-Louis Trintignant, Toby Jones e Matthieu Kassovitz.

 

Filmes da Netflix

 

A maior polêmica do festival esse ano gira em torno dos filmes produzidos exclusivamente para o serviço. The Meyerovitz Stories, do americano Noah Baumbach, e Okja, do sul-coreano Bong Joon-Ho, são obras originais do Netflix e não serão exibidos nas telas dos cinemas – o que irritou diretores e produtores de Cannes. Para evitar que o problema se repita em 2018, uma nova regra foi criada, que exige que todas as obras sejam obrigatoriamente lançadas nas salas de cinema da França.

 

A volta de Twin Peaks

twinpeaks

 

Mostrando que a televisão tem cada vez mais destaque no mundo cinematográfico, a série cult dos anos 1990 Twin Peaks, de Mark Frost e David Lynch, terá dois episódios da nova temporada exibidos em premiere no Palais des Festivals. Pouco depois, a série retorna à televisão pelo Showtime, nos Estados Unidos, nesse domingo, 21.