Brasil emplaca três bares entre os 100 melhores do mundo

Referência na gastronomia, país brilha cada vez mais com seus coquetéis

Já entramos no rol de referências gastronômicas há algum tempo. Agora, chega a vez dos espaços destinados à coquetelaria no Brasil ganharem cada vez mais destaque no cenário global – pelo menos é o que aponta a lista The World’s 50 Best Bars.

 

Apesar do nome, o ranking, criado a partir de votos de especialistas de diversas partes do mundo, contempla os 100 melhores bares do planeta. Pela primeira vez, nosso país emplacou colocados no ranking – e três de uma vez: o Frank Bar, o Guilhotina e o Sub Astor.

 

Na 66ª posição, o Frank, comandado por Spencer Amereno dentro do Maksoud Plaza, é o mais bem colocado na lista, seguido do Guilhotina na 73ª posição, que foi aberto em 2017 e tocado pelo bartender Márcio Silva. Para arrematar, o SubAstor, um clássico paulistano a cargo de Fabio la Pietra, aparece no 90° lugar do renomado ranking.

 

A organização do The World’s 50 Best Bars divulgou apenas as posições entre 51 e 100 do ranking. O restante dos bares, que fazem jus ao nome da lista, sai no dia 5 de outubro.