Cinco características que podem indicar que o seu QI é alto

Estudos atestam características em comum entre pessoas inteligentes; você se identifica com elas?

Antigamente, o Quociente de inteligência, conhecido popularmente como QI, era considerado símbolo máximo de status intelectual.

 

Trata-se de uma medida padronizada cientificamente para medir as capacidades cognitivas de uma pessoa em sua faixa etária. Há várias formas de medição – a maioria delas divide opiniões sobre a sua eficácia.

 

O QI segue sendo estudado mundo afora e gera estudos interessantíssimos. De acordo com novas pesquisas levantadas pela revista Forbes, existem algumas características em comum nas pessoas apontadas como mais inteligentes das sociedades. Você se identifica com elas?

 

Você é ansioso

Diversos estudos ligam pessoas ansiosas a grandes índices de QI. Em um dos mais recentes, pesquisadores do Centro Interdisciplinar Herzliya em Israel fizeram um experimento envolvendo um vírus falso de computador e detectaram que as pessoas mais focadas e eficazes na execução das tarefas propostas eram as mais angustiadas.

 

Começou a ler cedo

Crianças que começam a ler mais cedo são mais inteligentes? Não é tão simples assim. Mas pesquisadores britânicos chegaram à conclusão que a leitura prematura ajuda no desenvolvimento da pessoa e, por isso, ajuda a torná-la mais sábia para a sua faixa etária.

 

Você é canhoto

Um estudo da década de 90 causou certo rebuliço ao mostrar que homens canhotos costumam ter pensamentos divergentes, que fogem do senso comum. A habilidade única das pessoas que usam a mão esquerda de se adaptar a situações mais fáceis para destros é considerado por especialistas uma demonstração de inteligência.

 

Fez aulas de música

Um estudo conduzido pela psicóloga Sylvain Moreno mostrou que crianças que passaram por treinamento musical na infância costumam ser mais focadas e mais desenvoltas durante os diálogos, além de demonstrarem mais controle sobre os próprios atos.

 

Você é engraçado

Não é piada. Pesquisas apontam que existe uma forte ligação entre o bom humor e a inteligência, ou melhor, a inteligência verbal e a razão. Portanto, as pessoas com as melhores tiradas no cotidiano tendem a ser as mais inteligentes.