Clássico Andaluz de cara nova

Talvez a marca de Jerez fino mais famosa e conhecida do planeta —Ayrton Senna, por exemplo, brindou a conquista do GP da Espanha de 1989 assinando uma das barricas da vinícola —, o Tio Pepe

classico andaluz de cara nova

Talvez a marca de Jerez fino mais famosa e conhecida do planeta —Ayrton Senna, por exemplo, brindou a conquista do GP da Espanha de 1989 assinando uma das barricas da vinícola —, o Tio Pepe é um vinho fortificado (que leva aguardente vínica) do gigante Gonzalez Byass, tradicional grupo ibérico da região da Andaluzia, com quase 200 anos de história.

 

Singular e complexo no nariz, em boca é bem seco e perfeito para acompanhar as sempre bem-vindas e irresistíveis tapas e pintxos espanhóis. Mas vai bem, também, com entradinhas e petiscos de boteco.

 

Agora, a bebida ressurge na mixologia moderna em vários endereços classudos da Paulicéia e do país, numa espécie de “highlander da taça” já que jamais saiu de cena na Europa, como ingrediente inusual e surpreendente na preparação de drinques. Caso do Penélope, criação do bartender do boteco São Conrado de São Paulo (botecosaoconraado.com.br).

Vale conferir. O Don Pepe é importado pela Inovini (inovini.com.br).

 

Drops | Matéria publicada na edição 95 da Revista Versatille