Conheça o museu (que é um grande sucesso) dedicado ao fracasso

Museum of Failure Innovation reúne lançamentos que hoje são vistos como más ideias

Uma das grandes ironias da atualidade fica na Suécia. Por lá, na cidade de Helsingborg, abriu um museu inteiramente dedicado a fracassos – e, acredite, o espaço é um sucesso.

 

O Museum of Failure Innovation é um projeto tocado por Samuel West, que reuniu 51 produtos que deveriam ser inovadores ou causar grande furor, mas hoje só são lembrados como grandes fracassos. De ideias antigas a novidades, muita coisa aparece exposta por lá.

 

 

Você conhece, por exemplo, o TwitterPeek? Trata-se de um gadget que foi lançado apenas com um objetivo: escrever mensagens no Twitter. Por US$ 200, não é de se espantar porque o produto foi um fracasso. No meio da tecnologia, quem também foi lembrado é o Google Glasses, os óculos tecnológicos criados pelo Google que nunca decolaram.

 

O atual presidente dos EUA, Donald Trump, também ganhou espaço no museu com um jogo de tabuleiro inspirado em seu antigo programa O Aprendiz. Bebidas (Coke II e a Pepsi Crystal, um refrigerante transparente à base de cola) e comidas (as batatas Pringles sem gordura que continham um efeito laxante) também foram lembradas por Samuel.

 

A ideia do Museum of Failure Innovation, segundo Samuel, é lembrar que ‘o aprendizado é a única forma de transformar o fracasso em sucesso’. O espaço serve como exemplo: devido ao sucesso, a prefeitura de Helsingborg quer fazer do museu um projeto permanente.