Detalhes tão importantes do seu corpo

Os detalhes fazem a diferença. Esse mantra também vale para quem batalha para ter um corpo bonito e saudável. Na dieta, por exemplo, quando se pensa em perda de peso a médio prazo, comer um

Os detalhes fazem a diferença. Esse mantra também vale para quem batalha para ter um corpo bonito e saudável. Na dieta, por exemplo, quando se pensa em perda de peso a médio prazo, comer um pedaço de chocolate ou tomar refrigerante regularmente pode comprometer seu esforço.

 

Além de despertar ainda mais a sua vontade de consumir o que não deve, uma lata diária de refrigerante pode resultar em 7 quilos a mais em um ano. Na malhação, quando falamos em simetria corporal — que nada mais é que construir um corpo harmônico, exercitando todos os grupos musculares na medida certa —, apegar-se aos detalhes é igualmente importante.

 

Possivelmente, você já deve ter visto na academia algum rapaz com peitoral desenvolvido e pernas finas. Ou alguma garota com bumbum arrebitado e braços sem qualquer definição muscular. Essas pessoas se enquadram no protótipo daqueles que priorizam na malhação as partes que julgam mais atraentes ou gostam de exercitar, esquecendo-se da tal simetria corporal e dos detalhes que fazem a diferença. Mais, ainda, quando desprezam partes que acham não ter destaque, caso dos ombros e da panturrilha, popularmente conhecida como batata da perna. Afinal, a figura também não é das melhores quando se tem um peitoral desenvolvido e ombros pouco visíveis.

 

Além de comprometer o desenho corporal, isso afeta a postura — outro aspecto importante na harmonia visual. No caso das pernas, a parte anterior de coxas, conhecida como quadríceps, precisa estar em harmonia com a anterior e com a panturrilha. Só assim você terá, de fato, pernas bonitas.

 

Independentemente se você é homem ou mulher. A barriga chapada, de preferência com musculatura marcada, sonho dos mais vaidosos, também pede atenção nos detalhes. De nada adianta se matar de tanto exercitar o abdômen, se os exercícios para essa região não são executados corretamente. Exercícios abdominais malfeitos apagam a linha da cintura, fazendo que você fique, digamos, quadrado. Em outras palavras, a impressão que dá é que suas costas diminuíram.

 

Por essas e outras que, se o objetivo é ganhar um corpo bonito no conjunto, eliminar gordura e aumentar a massa muscular não são os únicos parâmetros a serem levados em consideração. É preciso lapidar o visual. Ok, a genética pode entrar em cena, quando se tem, por exemplo, aptidão para desenvolver mais determinadas partes do corpo. Mas isso não é desculpa. Com conhecimento, bom senso e esforço, dá para vencer essa barreira. Mas esse é um tema para outra coluna.

 

Fitness por Rodrigo Sangion Personal Trainer | Matéria publicada na edição 93 da Revista Versatille