Em Londres, maior rua de compras da Europa será fechada para carros

Oxford Street passa a ser exclusiva para pedestres a partir do próximo ano

É impossível visitar Londres e não dar uma passadinha na Oxford Street, a rua de compras mais movimentada da Europa. A partir de dezembro de 2018, ficará mais fácil passear ou fazer compras por lá, pois a data marca o início do fim para o tráfego de carros no local.

 

A medida, anunciada pelo prefeito londrino Sadiq Khan, será implementada a partir do fim do próximo ano de forma parcial, quando apenas um trecho da Oxford Street será bloqueada para veículos. Uma outra parcela da rua será exclusiva para pedestres até o fim de 2019. O ano seguinte marcará, em dezembro, a despedida dos carros do espaço.

 

 

O asfalto, de acordo com o novo projeto, será elevado ao nível das calçadas, e será ocupado por bancos e áreas de conveniência para as mais de quatro milhões de pessoas que passam por ali semanalmente. Com isso, problemas como a falta de espaço para a movimentação de pedestres e a baixa qualidade do ar devem ser resolvidos, aposta a prefeitura.

 

Levando em consideração os pedidos de empresas e moradores nos arredores da Oxford Street, o tráfego não será completamente interrompido. Para evitar que ruas paralelas fiquem sobrecarregadas com o movimento de carros e ônibus, alguns cruzamentos estarão liberados. O tráfego pela extensão da rua de compras, contudo, será liberado apenas para pedestres.