Essa é a cafeteira mais simples e elegante que você verá no seu dia

Newton Espresso Coffee Maker dispensa energia elétrica e só aplica princípios da física

Clique nas imagens

 

Minimalista é o termo perfeito para descrever a máquina de café, ideia de dois engenheiros/ designers da Nova Zelândia. O nome da criação não foi escolhido por acaso: ela dispensa o uso de energia elétrica, e extrai seu espresso a partir da aplicação de princípios (simples) da física.

 

A estrutura da Newton é toda de materiais simples – madeira, aço inoxidável e alumínio – e sua manutenção, segundo a fabricante, é quase nula. Tirar um café é simples. Basta aquecer a água, colocar a quantidade desejada de pó, e pressionar a alavanca. O controle total de todo o processo faz da máquina uma boa escolha também para baristas profissionais.

 

 

A Newton Espress Coffee Maker nasceu a partir de um projeto de financiamento coletivo, que foi muito bem sucedido. Hoje, já dá pra comprar a novidade no site da marca. Disponível em duas cores, ela sai por 580 dólares neozelandeses – mais ou menos R$ 1.325. A entrega, contudo, deve ser feita apenas a partir de fevereiro do próximo ano.