Ferrari: superesportivo elétrico a caminho?

CEO da companhia anuncia planos do primeiro modelo do tipo da montadora

Uma das montadoras mais tradicionais da história parece estar se adaptado aos novos tempos. Depois de anunciar o lançamento de sua primeira SUV, a Ferrari agora faz planos de trabalhar em cima de um superesportivo inteiramente elétrico.

 

A declaração foi dada por Sergio Marchionne, CEO da Fiat Chrysler (holding por trás da Ferrari), durante o Salão do Automóvel de Detroit. “Se alguém construir um supercarro elétrico, a Ferrari irá largar na frente”, disse o executivo a repórteres – uma provocação a Elon Musk e à Tesla, que já apresentaram modelos do tipo ao mercado.

 

“As pessoas estão maravilhadas com o que a Tesla fez. Não estou tentando minimizar o que Elon fez, mas acho que é algo viável para todos nós”, acrescentou Marchionne. No ano passado, Musk apresentou o conceito da segunda geração do Tesla Roadster, esportivo elétrico de luxo que faz de 0 a 100 km/h em impressionantes 1,9 segundo.

 

O chefão da Ferrari não apresentou um cronograma de quando a montadora pretende produzir o seu primeiro modelo elétrico, mas adiantou que, primeiramente, a fábrica deve trabalhar em modelos híbridos. “A partir daí, fazer um carro elétrico é fácil”, disse.