Foco no bumbum, mas pensando com a cabeça

É fato: o bumbum, também conhecido por glúteos, é uma das regiões do corpo que os brasileiros mais gostam de exercitar. Elas querem ter derrière atraente porque sabem que isso faz sucesso — na praia,

É fato: o bumbum, também conhecido por glúteos, é uma das regiões do corpo que os brasileiros mais gostam de exercitar. Elas querem ter derrière atraente porque sabem que isso faz sucesso — na praia, principalmente. Eles, apesar de não admitirem, também querem ser desejados — sabem, e as pesquisas afins apontam que essa é uma das partes do corpo masculino mais admiradas pelas mulheres. Portanto, não cabe dizer que ter bumbum dos sonhos é um desejo apenas feminino.

 

Mas esse desejo pode ser perigoso quando não se tem bom senso. É preciso escolher os exercícios corretos e ter muito cuidado na execução deles. O motivo é simples: os melhores exercícios para glúteos costumam exigir esforço de outras regiões delicadas do corpo como joelhos e coluna.

 

Os estudos mostram, por exemplo, que os agachamentos sãos exercícios excelentes para exercitar o bumbum e pernas simultaneamente. Ideais principalmente para eles, que ficam numa posição confortável durante a execução. Afinal, não precisam se posicionar em quatro apoios, como exigem outros exercícios para a mesma região, que as mulheres conhecem bem e não se incomodam em fazer.

 

Agora, quando executados sem qualquer técnica, os agachamentos são um tiro no pé, pois machucam. Para que sejam mais seguros, é preciso, por exemplo, garantir o perfeito alinhamento da coluna e dos joelhos durante todo o movimento. Esses últimos não podem ficar próximos ou voltados para fora.

 

Outra dica importante para garantir segurança na execução dos agachamentos: faça com calma. Desça lentamente e fique na posição agachada por cerca de dois segundos. Isso garante, ainda, mais eficiência no exercício. Você pode sentir queimar um pouco. Mas tenha a certeza de que a musculatura está sendo acionada.

 

Sim, você pode usar pesos. Desde que sinta que sua musculatura suporte um estímulo extra de força — de forma que você saia andando normalmente após executar o exercício. Algo que talvez você não saiba: quanto mais fina estiver a sua cintura, mais o bumbum vai aparecer. Portanto, converse com o professor de sua academia ou persontal trainer para que ele também trabalhe a musculatura da região abdominal. E, mais uma vez: sem pressa de ser feliz.

 

Você já ouviu falar em síndrome do bumbum sarado? Trata-se de um tipo de lesão, também chamada de síndrome do piriforme, muito comum entre as mulheres, que na tentativa de terem glúteos bem desenvolvidos exageram nos exercícios. Piriforme é um músculo da região do quadril, próximo ao nervo ciático, que é acionado em todos aqueles exercícios que exercitam o bumbum. Quando o piriforme cresce demasiadamente, ele comprime o ciático, causando dor. A ordem, portanto, é não exagerar nos exercícios que desenvolvem essa musculatura. Bumbum avantajado além do limite pode fazer sucesso, mas nem sempre é sinônimo de saúde.

 

Fitness  por Rodrigo Sangion Personal Trainer | Matéria publicada naedição 95 da Revista Versatille