Hotéis: Luxo em Sampa

TRÊS SUPEREMPREENDIMENTOS EM TERRITÓRIO NACIONAL, ENTRE HOTÉIS E RESIDÊNCIAS, EXPLORAM O REQUINTE DE OFERECER SERVIÇOS ESPECIALÍSSIMOS NA CIDADE GRANDE PALÁCIO TANGARÁ: EM MEIO AO VERDE NA MEGALÓPOLEQuem quiser hospedar-se no mais novo hotel de luxo de

TRÊS SUPEREMPREENDIMENTOS EM TERRITÓRIO NACIONAL, ENTRE HOTÉIS E RESIDÊNCIAS, EXPLORAM O REQUINTE DE OFERECER SERVIÇOS ESPECIALÍSSIMOS NA CIDADE GRANDE

 

PALÁCIO TANGARÁ: EM MEIO AO VERDE NA MEGALÓPOLE

Quem quiser hospedar-se no mais novo hotel de luxo de São Paulo, o Palácio Tangará, já pode fazer reservas para a partir do mês de junho. É quando será aberto ao público esse empreendimento da Oetker Collection — rede que conta com mais oito hotéis incríveis, em locais tão diferentes quanto os Alpes franceses ou St. Barths, no Caribe.

 

Cercado pelo Parque Burle Marx, no bairro do Panamby, zona sul da cidade, o hotel oferece 141 apartamentos, sendo 59 suítes. Esse contato com a natureza em uma megalópole como a capital paulista é um dos principais trunfos do empreendimento, cujo nome homenageia o pássaro multicolorido tangará da Amazônia.

 

Inspirado na arquitetura clássica, o prédio portentoso chama a atenção. Os escritórios responsáveis foram  o multinacional B+H Architects e os paulistanos PAR Arquitetura e Bick Simonato. Os projetos de arquitetura de interiores ficaram a cargo do escritório paulistano Anastassiadis Arquitetos, responsável pela área social, como lobby, bar, restaurante e spa, além de Bick Simonato, que assina os quartos e corredores. A decoração serena mistura elementos clássicos e atuais.

 

Há ainda nove salas de reunião privativas, sendo que o salão de festas tem capacidade para 530 convidados. O centro fitness e o spa terão jardins próprios e também haverá uma piscina interna e outra externa, além de um kid’s club.

 

O quesito gastronomia estará nas mãos do reconhecido chef francês Jean-Georges Vongerichten. O local contará com restaurante autoral, mesa do chef, bar, adega e lounge bar

 

Clique nas imagens  para ampliar

 

CIDADE MATARAZZO: REVITALIZAÇÃO E USO DIVERSO

Ganhador do Prêmio Pritzker, espécie de Nobel da arquitetura, em 2008, o francês Jean Nouvel é o autor da Torre Rosewood, extensão inovadora dos prédios históricos do empreendimento Cidade Matarazzo — que revitalizará o antigo Hospital Matarazzo, na Bela Vista, em São Paulo. Trata-se do primeiro hotel de luxo da marca internacional Rosewood Hotel & Resorts na América Latina.

 

O complexo hoteleiro e residencial contará com 151 quartos de hóspedes e 122 suítes residenciais, dois restaurantes, um bar e um caviar lounge, além de três piscinas, spa e espaço fitness.

 

Com uma marcante volumetria, o edifício com 100 metros de altura contará com bastante verde, que marcará os espaços públicos e privados da edificação, dos terraços e dos telhados.

 

Localizado a poucos metros da Avenida Paulista, o Cidade Matarazzo — encabeçado pelo grupo francês Allard e com previsão de abertura em 2019 — contará com a tal torre mais um complexo comercial com lojas de luxo e um “centro de criatividade” para o público. Promete-se que esse local terá, por exemplo, sala de projeção, estúdio de música e área para exposições. O empreendimento, com área total de 28 mil m², conservará as características das edificações originais, tombadas como patrimônio da cidade.

 

O designer francês Philippe Stacrk também participa do projeto, criando ambientes inspiradores. Neles, poderão ser vistos, por exemplo, trechos de poemas de autores nacionais gravados em espelhos e móveis dos arquitetos cariocas Sergio Rodrigues (1927-2014) e Oscar Niemeyer (1907-2012).

 

FOUR SEASONS SÃO PAULO: REFERÊNCIAS BRASILEIRAS NO DESIGN

Está prevista para meados de 2018 a abertura do Four Seasons Hotel and Residences em São Paulo. O hotel de luxo e as unidades residenciais ficarão no Parque da Cidade, empreendimento de uso misto, com 82 mil m² e áreas verdes, no bairro do Brooklin, região sul da cidade. A torre de 29 andares, com projeto arquitetônico atual e refinado, terá 16 pisos destinados ao hotel e 13 às residências.

 

Uma marca do projeto são os apartamentos residenciais — conceito introduzido pela marca no mercado mundial em 1982. Esses não serão os flats que conhecemos, mas sim apartamentos particulares que contarão com todos os serviços do hotel, como concierge, house cars, personal shoppers e room service.

 

O design será contemporâneo, com referências brasileiras. O escritório norte-americano HKS Architects, em parceria com o paulistano Aflalo/ Gasperini Arquitetos, assina o projeto do hotel e das residências. A decoração do hotel foi criada pelo escritório norte-americano BAMO, e a das unidades residenciais, pelo paulistano Studio Arthur Casas.

 

Alguns dos melhores hotéis do mundo são administrados pela marca Four Seasons. É o caso do Four Seasons Hotel George V, em Paris, França, do Four Seasons Hotel London at Park Lane, em Londres, Inglaterra, e do Four Seasons Hotel New York, em Nova York, nos Estados Unidos — além de premiados resorts na ilha de Bora-Bora, na Polinésia Francesa, e nas República das Maldivas.

 

HOTEL por Bob Jr. | Matéria publicada na edição 97 da Revista Versatille