Letras milionárias: os escritores mais bem pagos do mundo

Autores de franquias de sucesso dominam lista dos que mais capitalizaram com a literatura

Para a sorte da humanidade, a literatura pode ser uma atividade lucrativa para poucos e bons. Uma pesquisa recente da Forbes apontou os escritores mais bem pagos do mundo. Como era de se imaginar, os autores de franquias de sucesso aparecem nos primeiros lugares.

 

A britânica J.K. Rowling, criadora do bruxo Harry Potter, aparece isolada no topo do ranking, com R$ 95 milhões ganhos no período entre 1º de junho de 2016 e 31 de maio de 2017. O americano James Patterson, da série de livros Maximum Ride, surge em segundo.

 

Jeff Kinney, do Diário de Uma Banana, Dan Brown, de O Código da Vinci, e Stephen King, de A Torre Negra, também aparecem bem colocados. O ranking teve como base os números de livros impressos, em áudio e e-books, além de ganhos com televisão e filmes.