Louis XIII chama a atenção para o aquecimento global de maneira genial

Rótulo de conhaque convida Pharrell Williams para lançar canção daqui a cem anos

Que o aquecimento é uma das causas mais importantes para o futuro da humanidade, pouca gente ainda duvida. Mas a forma como a Louis XIII encontrou para chamar a atenção para essa questão é a mais genial que você provavelmente já ouviu falar.

 

O rótulo de luxo da Remy Martin decidiu convidar o cantor e produtor Pharrell Williams para gravar uma canção sobre o aquecimento global. A música foi registrada em um disco feito a partir do solo da região de Conhaque, na França. Só que tem um detalhe: nada de lançamento até 2117.

 

 

Sim, a data, para daqui a 100 anos, é intencional. Caso o nível dos mares continue subindo de acordo com as piores estimativas, a música (assim como grande parte do planeta) vai desaparecer – literalmente. O disco está guardado em um cofre especial feito pela Fichet-Bauche que só pode ser arrombado e destruído se submerso em água.

 

A Louis XIII fez uma festa de lançamento da ação com Pharrell em Xangai, onde o músico executou a canção, batizada de 100 Years, pela primeira e (possivelmente) última vez – as gravações foram proibidas no evento. O rótulo organizará uma série de jantares beneficentes pelo mundo para arrecadar dinheiro para instituições que lidam com a causa climática.