Os países campeões em qualidade de vida

As melhores opções de lugares para quem viver com satisfação e estrutura

“Qualidade de vida” é praticamente um mantra de qualquer adulto que deseja ser feliz. Um ranking promovido pelo site Social Progress Index apontou quais são os países que se destacam nesse quesito em 2017.

 

Infelizmente, não nos destacamos a ponto de figurar entre os 10 melhores do ranking. Na 43ª posição, o Brasil conseguiu se destacar em nutrição e cuidados médicos básicos na infância, mas ficou devendo em acesso à educação superior e tolerância religiosa e sexual.

 

O estudo, aliás, apresentou algumas conclusões. Uma delas diz respeito aos direitos individuais. Segundo a pesquisa, temas envolvendo a tolerância e inclusão se tornaram mais importantes no mundo no período de estudo, devendo ditar discussões e medidas públicas nas próximas décadas.

 

Para chegar ao resultado, a organização estudou os índices fornecidos por 128 países, entre 2014 e 2017, levando em conta três categorias principais: bem-estar, oportunidades e necessidades básicas. Veja abaixo o top 10 do ranking, com os destaques de cada país listados.

 

1. Dinamarca:
Ponto forte: saneamento básico.
2. Finlândia:
Ponto forte: nutrição e cuidados médicos
3. Islândia:
Ponto forte: liberdade de expressão
4. Noruega:
Ponto forte: segurança
5. Suíça:
Ponto forte: respeito ao meio ambiente.
6. Canadá
Ponto forte: oportunidades de emprego
7. Holanda
Ponto forte: combate à homofobia

 

8. Suécia
Ponto forte: baixa taxa de mortalidade
9. Austrália
Ponto forte: liberdade religiosa e política
10. Nova Zelândia
Ponto forte: necessidades básicas