Os países mais generosos do mundo

Ranking aponta quais são as nações que mais contribuem pelo bem da humanidade

O país mais generoso do mundo é a Suécia. Essa é a conclusão do Good Country Index, um ranking divulgado anualmente com o objetivo de apontar quais são os povos que mais contribuem com o futuro da humanidade.

 

O estudo é baseado nos dados oficiais divulgados pela Organização das Nações Unidas (ONU) e pelo Banco Mundial. Destacando-se principalmente nos quesitos prosperidade e igualdade, cultura, saúde e bem-estar, os suecos levaram a melhor no levantamento.

 

Sete itens foram considerados: “ciência e tecnologia”, “cultura”, “paz e segurança internacional”, “ordem mundial”, “meio ambiente”, “prosperidade e igualdade” e “saúde e bem-estar”.

 

O Brasil ficou na 47ª posição do ranking, que avaliou 163 países. Os nosso melhores resultados foram em saúde e bem-estar (32º no ranking geral) e cuidado com o planeta. A Líbia, que vive uma situação de guerra civil há anos e, em decorrência disso, aparece com maus índices em todas as categorias, ficou no último lugar.

 

Veja abaixo os melhores colocados do levantamento

 

1 – Suécia
2 – Dinamarca
3 – Holanda
4 – Reino Unido
5 – Suíça
6 – Alemanha
7 – Finlândia
8 – França
9 – Áustria
10 – Canadá
11 – Irlanda
12 – Nova Zelândia
13 – Noruega
14 – Bélgica
15 – Chipre
16 – Itália
17 – Luxemburgo
18 – Austrália
19 – Japão
20 – EUA
47 – Brasil