Os sapatos mais caros do mundo são um brilho só

Cem diamantes e costura de ouro: conheça a peça definitiva para valorizar seus pés

O universo do luxo não para de quebrar recordes, por mais pitorescos que sejam. Dessa vez, chegou a hora de você conhecer os sapatos mais caros do mundo, uma criação literalmente brilhante da Raffles Dubai assinada pela designer britânica Debbie Wingham.

 

O valor da peça está atrelado diretamente à quantidade de diamantes que ela apresenta. São 100 pedras preciosas ao todo, algumas das quais são mais valiosas que as outras – os dois diamantes rosas de 3 quilates cada que fazem parte do acabamento valem, em conjunto, US$ 4,4 milhões, enquanto dois diamantes azul, de um quilate cada, estão avaliados em US$ 1,9 mi.

 

 

“Os diamantes estão se tornando o material preferido das minhas clientes, e apenas agora estamos trabalhando com eles de uma maneira mais criativa”, disse Wingham sobre a ideia. Os sapatos mais caros do mundo, inclusive, foram elaborados seguindo as instruções de uma dessas clientes em Dubai, cuja coleção pessoal de pedras foi aproveitada no calçado.

 

Além dos diamantes, vale frisar que todas as costuras do sapato são feitas em ouro 25 quilates. São detalhes assim que ajudam a explicar o valor final do produto: US$ 15 milhões. A edição terá apenas uma unidade produzida, que, antes de ser entregue, será exposta nos dias 2 e 3 de novembro na flagship da Rafffles em Dubai. Vale a passada, se você estiver por lá.