Por que as novas bolsas da Balenciaga têm causado tanta polêmica?

Criações da Balenciaga custam milhares de dólares mas são bem parecidas com acessórios bem, bem mais populares

Sob a batuta do diretor criativo Demna Gvasalia, a Balenciaga tem feito bastante barulho nos últimos tempos. Mas as novas bolsas da grife têm causado polêmica por si só.

 

A casa francesa lançou dois modelos limitados que, num primeiro momento, parecem muito com velhos (e populares) conhecidos do público. Uma das bolsas foi apontada como uma releitura da sacola de compras da gigante sueca IKEA, enquanto a outra é a cara da própria bolsa utilizada pela Balenciaga para embalar as compras de seus clientes.

 

ikea-blue-bag-hed-2017

 

Além do visual, o que chama a atenção é o preço. Enquanto a bolsa da IKEA custa menos de US$ 1, a versão da Balenciaga sai por US$ 2,1 mil. Já a releitura da bolsa Balenciaga usada nas boutiques da grife sai por US$ 1,1 mil – nas lojas, vale lembrar, o custo é zero.

 

Balenciaga2

 

Claro, o valor tem razão de ser. A bolsa que estampa o nome Balenciaga, por exemplo, é feita à base de couro de bezerro, com puxadores em couro do tipo napa, hardware de prata e divisões internas. A releitura da bolsa IKEA, por sua vez, também segue o mesmo padrão luxuoso, feita inteiramente de couro e, tal como o outro modelo, confeccionada na Itália.