Proibidas: as capas de discos históricos que foram censuradas

A história por trás de capas de discos históricos que foram censuradas por órgãos de governos

Na história da música, não faltaram artistas sofrendo represálias por causa de imagens sensuais ou polêmicas. Abaixo, nós relembramos alguns dos exemplos mais emblemáticos de capas de discos censuradas e que acabaram sendo banidas das prateleiras por órgãos reguladores do Estado.

 

Em praticamente todos os casos do passado, nota-se que a proibição impulsionou as vendas. Seria a polêmica a alma do negócio artístico? Por que nós sentimos tanta atração pelo “proibido”?

 

Beatles – Yesterday and Today (1966)
the_beatles-yesterday_and_today-frontal

No auge da fama, os Fab Four protagonizaram uma capa que causou espanto entre os fãs. Lançado somente nos Estados Unidos e no Canadá, a coletânea que reunia sucessos dos discos Help!, Rubber Soul e Revolver chocou ao mostrar os quatro integrantes vestidos de branco, como se fossem açougueiros, acompanhados de bonecas ensaguentadas. Retirado das lojas, o álbum é uma raridade até mesmo entre os seus colecionadores.

 

David Bowie – Diamond Dogs (1974)
500977-david-bowie-diamond-dogs-album-cover-617-409
O camaleão sempre gostou de testar os limites do conservadorismo. Em uma das suas fases mais inventivas, o britânico convidou o artista Guy Peellaert para retratá-lo como metade homem e metade cachorro. O resultado original saiu na capa de Diamond Dogs, um dos seus álbuns mais aclamados, mas precisou ser trocado poucos meses depois por uma visão não tão provocativa. A razão para a censura? A genitália do animal exposta na obra original.

 

Roger Waters – The Pros and Cons of Hitch Hiking (1984)
roger-waters

Na década de 80, não pegou muito bem a ideia de colocar uma mulher nua, portando apenas uma mochila, pedindo carona na capa do disco do antigo líder do Pink Floyd. A versão censurada, no entanto, não exigiu tanto esforço por parte do pessoal de arte da gravadora de Waters. Uma tarja bastou.

 

Kanye West – My Beautiful Dark Twisted Fantasy (2010)
kanye-west
Kanye West pediu a George Condo, artista responsável pela capa acima, algo polêmico e provocativo – e recebeu exatamente o que desejava. Na ilustração, o rapper aparece sendo seduzido por uma mulher com rosto de diabo, enquanto toma uma cerveja. Após causar o barulho que pretendia, Kanye encomendou outra capa – muito menos chocante.

 

Guns N’ Roses – Appetite For Destruction (1987)
guns-n-roses

Na capa original do clássico do hard rock, um robô aparecia estuprando uma mulher em uma rua de Los Angeles. O mau gosto acabou pesando, e a banda precisou encomendar uma outra imagem, que acabaria se tornando icônica na história do rock. Não que os crânios dos integrantes, dispostos nas pontas e no centro de uma cruz, tenham agradado aos mais conservadores, claro..

 

Caetano Veloso – Joia (1975)
jc3b3ia3
Voltando do exílio, Caetano Veloso ainda sofreu com a perseguição da ditadura na capa de um disco. Na capa do álbum Joia, o cantor baiano aparecia ao lado da sua então mulher Dedé e o filho Moreno completamente nus, cobertos apenas pelos desenhos de pombas. Após a censura, uma nova capa com somente a ilustração das aves foi posta no lugar da original nas prateleiras.

 

Gal Costa – India
india

Em 1973, Gal Costa era uma das mulheres mais desejadas do Brasil. Esbanjando sensualidade, a cantora apareceu mostrando apenas a sua tanga vermelha na capa de um dos álbuns mais importantes da música brasileira. Na contracapa, ela ainda aparecia com os seios de fora, como uma legítima índia. Para seguir adiante, a gravadora precisou embalar o vinil em um plástico azul – o que não atrapalhou as vendas.

 

Iron Maiden – Sanctuary
iron-maiden-sancturay

É fácil entender o motivo da censura. Na capa do single da banda de heavy metal, o icônico Eddie com um punhal em mãos prestes a matar a então primeira ministra do Reino-Unido, Margaret Thatcher. O governo britânico agiu, mas a banda de Bruce Dickson seguiu firme em sua crítica. Em 1981, um ano depois de Sanctuary, o Iron Maiden voltou a provocar a chefe de estado com a capa de Women in Uniform, na qual ela aparece prestes a se vingar da mascote.

 

John Lennon – Unfinished Music No. 1: Two Virgins (1968)
john-lennon

Se a nudez até hoje é cercada de tabus, imagine no final dos anos 60. John Lennon e Yoko Ono ousaram e apareceram completamente nus em um álbum de experimentações nunca lançado no Brasil. Além da polêmica da capa, o disco mostrou que o britânico tinha planos musicais que não cabiam mais nos Beatles.

 

Jimi Hendrix – Electric Ladyland (1968)
jimi-hendrix

Também apostando na nudez, Jimi Hendrix teve problemas com a censura no mesmo ano que John Lennon. A capa de Electric Ladyland mostrava uma série de mulheres nuas com um disco da lenda da guitarra. A imagem precisou ser trocada por um retrato comportado do ícone do rock – a ousadia permaneceu somente nas músicas.

 

POST TAGS: