Revolução feminina na moda inspira nova caneta da Montblanc

Feito para elas, coleção Bonheur tem suas raízes fincadas na revolução da moda dos anos 20

Uma revolução na moda na década de 1920 é fonte de inspiração para uma nova coleção de instrumentos de escrita da Montblanc. As canetas da linha Bonheur têm suas raízes no início do século passado, quando as mulheres – público o qual o lançamento é dedicado – deixaram de lado os espartilhos em busca de mais conforto e simplicidade.

 

A grife aposta em formas curvilíneas – algo até então inédito na história da Montblanc – para dar os contornos do instrumento de escrita. O contraste entre o preto e o branco no corpo simboliza o legado da revolução pela qual a moda feminina passou – a elegância em sintonia com estilos até então masculinos, como os cabelos curtos e suéteres com gola canoa, por exemplo.

 

A Bonheur Collection chega em três versões: caneta-tinteiro, rollerball e esferográfica. Um estojo sartorial branco exclusivo feito de couro acompanha os instrumentos de escrita.