Você vai querer tomar esse milk-shake de R$ 1,6 mil

Iguaria elaborada por bar em Los Angeles é cheia de insumos de luxo

Verão está chegando, e, com ele, nada melhor que algo refrescante para acompanhar o clima de calor. Um milk-shake é uma boa pedida. Mas um de R$ 1,6 mil é uma pedida ainda melhor.

 

O The Powder Room, um dos bares mais exclusivos de Los Angeles, criou o Velvet Goldmine, um cocktail que pode ser saboreado como um bom drink – e, pelo preço, você vai querer aproveitar com muita calma cada gole dessa iguaria que vem cheia de insumos de luxo.

 

Para começar, são quatro bolas de sorvete nos sabores lavanda Inglesa e baunilha do Taiti – cada bola custa US$ 25. Leite? Esqueça: as bebidas usadas para preparar o milk-shake são o licor de whisky Drambuie (envelhecido por 15 anos), rum Bacardi Reserve Limitada, e uma dose conhaque Remy Martin Louis XIII, cuja garrafa é vendida por cerca de R$ 20 mil.

 

A taça de cristal no qual a bebida é servida é decorada com chocolate Amedei Porcelina (quilo: R$ 580) e a cobertura do milk-shake conta com trufas belgas, flocos de ouro 24-quilates comestíveis, e um anel com cristal Swarovski (!). Toda a preparação para deixar o Velvet Goldmine pronto (e você com menos US$ 500 no bolso) demora 40 minutos.